Ação 05. A (in)disciplina em contexto escolar: métodos e estratégias

Publicado a 27/01/2012, 05:55 por Bruno Henriques   [ atualizado a 06/02/2012, 02:21 por Luis Pitta CFmbm ]

Curso de formação: 25H, 1,0 U.C.
Registo de acreditação
:CCPFC/ACC-67811/11

    De acordo com a lei nº 39/2010, que regulamenta o estatuto do aluno na escola, este deverá "promover, em especial, a assiduidade, o mérito, a disciplina e a integração dos alunos na comunidade educativa e na escola, o cumprimento da escolaridade obrigatória, a sua formação cívica, o sucesso escolar e educativo e a efectiva aquisição de saberes e competência". Ainda de acordo com esta lei, neste processo, "os professores, enquanto principais responsáveis pela condução do processo de ensino e aprendizagem, devem promover medidas de carácter pedagógico que, estimulem o harmonioso desenvolvimento da educação, em ambiente de ordem e disciplina, nas actividades na sala de aula e nas demais actividades da escola".

    Mesmo bem definido e com objetivos de alcance evidentes, falta no conteúdo destas linhas uma operacionalização adequada, que permita aos professores, estes agentes das regras e limites impostos por este lei, agir de forma adequada e sobretudo válida, que encontre nesta complexa filigrana que é o desenvolvimento psicológico das várias crianças, estratégias eficientes, que permitam o alcance de tão esperada e importante disciplina.

    Tendo por base, que toda esta construção psicológica não é um processo inato nem tão pouco natural, implicando um trabalho ativo de todos os cuidadores que lidam direta ou indiretamente com a criança, é impensável que os professores, educadores e agentes na promoção da construção neurodinâmica, emocional e comportamental da criança, possam prosseguir com o seu trabalho com a máxima eficácia, sem a devida formação e prática na área em questão. Face ao exposto, propõe-se a construção desta formação, com enfoque, por um lado, nos conteúdos teóricos que suportem a compreensão da estruturação mental da criança que permite a aquisição gradual de um maior controlo do seu comportamento, e por outro nos conteúdos didáticos e práticos, bem como exemplos de atividades, que confiram suporte prático à atuação do professor em contexto de sala de aula e escola
 
        Local: ESJGF
         Formadora: Carina Lobato Faria

         Destinatários: Profs do ensino básico e secundário

         Calendarização: Janeiro a Março de 2012
                                         31/01 das 17h30 às 20h30m
                                         7 e 14/02 das 17h30m às 20h30m
                                         20 e 27/03 das 17h30m às 21H
                                         As restantes 7h serão de trabalho conjunto a combinar no inicio da formação.

           Ação Auto-Financiada: 60€ / pessoa [Como proceder?]
           Nº de participantes: 25

          Seleção de formandos:
           
                     1.ª prioridade: Por ordem de inscrição docentes das Escolas Associadas;
                     2.ª prioridade: Por ordem de inscrição docentes de outras escolas.