Ação 16: 2017/2018: Metodologia de Trabalho de Projeto: um contributo para aprender investigando

Publicado a 11/09/2017, 01:40 por Bruno Henriques   [ atualizado a 11/09/2017, 01:44 ]
Curso de Formação: 25HP, 1 UC
Registo de Acreditação: 
CCPFC/ACC-87930/16
Formador:  João José Silva
Local: A Determinar
Grupos de recrutamento: Ensino Básico e Ensino Secundário.
Calendário: 
04 de janeiro de 2018 a 08 de março de 2018 

                                                                       

Descrição


A Filosofia de Trabalho de Projeto e os aspetos metodológicos que a caracterizam pode constituir--se numa oportunidade de levar os alunos a problematizar, a 
valorizar as consequências das suas decisões e a construir um caminho partilhado de resolução de problemas de forma criativa e consequente. Nesse ambiente 
de trabalho, os alunos apropriam-se dos conhecimentos científicos de forma significativa e contextualizada ao desenvolverem o seu projeto. 

Ao contrário do que é veiculado pelo senso comum pedagógico, esta metodologia de trabalho revela-se mais exigente para alunos e professores, mas proporciona
resultados mais consistentes e duradouros face a outras práticas mais frequentes e institucionalizadas no nosso sistema educativo. No entanto, só um sério 
investimento na formação dos professores que os leve a apropriar-se dos aspetos conceptuais subjacentes e dos instrumentos didácticos e metodológicos que lhe 
são característicos, traduzirá em efetivas capacidades para intervir de forma eficaz. 

A responsabilidade de formar hoje jovens cidadãos que se comprometam na acção qualificada e no investimento do seu e do nosso futuro comum é justificação 
suficiente, parece-nos, para a construção de oportunidades de aprendizagem neste ambiente de trabalho, reforçando ou clarificando as suas motivações mais 
profundas e valiosas.
As orientações curriculares atuais prescrevem, para além da aquisição de conhecimentos disciplinares exigentes, a sua mobilização em contextos apropriados. 
Prescrevem ainda, a capacidade de se intervir contribuindo para o bem comum e para a sociedade, de se ser empreendedor integrado em equipas de trabalho, 
de se pensar de forma criativa e atuar de forma inovadora, de se ser persistente nos seus objetivos e resiliente face aos eventuais insucessos, de utilizar as tecnologias
integrando comunidades de interesse ou aprendentes e de comunicar eficazmente, quer na sua língua materna, quer em línguas estrangeiras com o apoio tecnológico 
ajustado.

Em síntese, esta Ação de Formação pretende ajudar a responder à seguinte questão: 
Como é que os professores, trabalhando em equipa, orientados pelo Projeto Educativo da sua Escola, podem contribuir de forma competente na educação dos 
seus alunos (/jovens cidadãos) de forma integrada, com base em problemas relevantes, mobilizando a Metodologia de Trabalho de Projeto e os conhecimentos científicos adequados.



Seleção de formandos

  • 1.ª prioridade: Docentes das escolas associadas ao CFAEMBM.

Detalhes da calendarização

                                                                                                                                            

                                                                                                                                             A DETERMINAR

Comments