Ação 18: 2017/2018: Lideranças intermédias – Perfis de lideranças, modalidades de supervisão e regulação das práticas

Publicado a 11/09/2017, 01:56 por Bruno Henriques   [ atualizado a 11/09/2017, 02:10 ]
Curso de Formação: 25HP, 1 UC
Registo de Acreditação: 
CCPFC/ACC-91177/17
Formadora:  Ana Sérgio
Local: A Determinar
Grupos de recrutamento: Educadores de Infância, Ensino Básico e Ensino Secundário
Calendário: 
08 de janeiro de 2018 a 08 de junho de 2018 

                                                                       

Descrição


Efetuado o levantamento de necessidades junto das escolas associadas deste Centro de formação, sinalizou-se a pertinência de integrar no plano de 
formação ações que sensibilizassem os docentes para a necessidade de implementar estilos de lideranças ressonantes, democráticas, distributivas e 
transformacionais, contrariando os estilos de lideranças autocráticos e dirigistas. Deste modo, considerámos essencial associar o exercício das primeiras 
a modalidades de supervisão e articulação curriculares reguladoras e transformadoras dos processos científicos e didáticos implementados, atendendo aos 
objetivos e metas organizacionais, presentes no Projeto Educativo e Plano anual de Atividades dos Agrupamentos de Escolas e escolas não Agrupadas.
As razões justificativas para a apresentação deste módulo de formação prendem-se com o facto:

i) Dos perfis e estilos de lideranças serem determinantes no exercício do cargo dos coordenadores das estruturas intermédias – departamentos, grupos de 
recrutamento, conselho de diretores de turma, coordenadores de ciclo - por se encontrarem intimamente associados às culturas e às políticas das organizações 
educativas locais; 

ii) As lideranças intermédias são também responsáveis pela implementação de um plano de acção estratégica, em concertação/articulação com as diferentes 
estruturas “do teatro” escolar, bem como pelo desenvolvimento de modelos de ação/reflexão /supervisão, conducentes à promoção de culturas de trabalho de 
proximidade, reguladas por metas institucionais e da tutela, com vista à promoção do sucesso educativo;

iii) O desempenho das funções coordenador de ciclo, departamento, grupo disciplinar/ recrutamento e conselho de directores de turma, entre outros, “obriga” 
(por decreto) à planificação, desenvolvimento e avaliação de ações conjuntas com impactos diferenciados nas estruturas escolares. Deste modo, surge a 
necessidade de encontrarmos modos distintos de planear, agir e avaliar, consoante o território onde nos encontramos, e o público alvo a quem nos dirigimos 
(atores e estruturas);

iv) Necessitamos de lideranças aglutinadoras capacitadas para instigar dinâmicas de atuação que conduzam os docentes (e os seus pares), à aferição de 
competências a desenvolver transversalmente, intra, inter e multidisciplinarmente (em sede de grupo, departamento, conselho de diretores de turma), em 
convergência com os documentos estruturantes e orientadores da ação educativa – PEE e PAA - e simultaneamente capazes de efetuar uma articulação 
os currículos de modo vertical e horizontal;

v) Solicita-se também aos líderes intermédios o exercício democrático do “poder” que se traduza na capacidade de mobilizar vontades, emancipar, comprometer 
e conduzir os outros ao planeamento, à reflexão, à regulação e à avaliação dos produtos alcançados, no sentido da disseminação das boas práticas e da melhoria 
institucional dos espaços escolares;

vi) Por último, “exige-se” aos líderes e aos seus pares “resiliência” e inteligência, no sentido de minimizarem conjuntamente os impactos dos diferentes 
condicionalismos endógenos e exógenos - institucionais e tutelares.



Seleção de formandos

  • 1.ª prioridade: Docentes das escolas associadas ao CFAEMBM.

Detalhes da calendarização

                                                                                                                                            

                                                                                                                                             A DETERMINAR

Comments