Ação 24: 2017/2018: Aplicação das Ferramentas WEB 2.0 no Contexto de Ensino/Aprendizagem

Publicado a 11/09/2017, 07:27 por Bruno Henriques   [ atualizado a 19/03/2018, 09:12 por Inacia Oliveira ]
Curso de Formação: 15HP, 0.6 UC
Registo de Acreditação: 
CCPFC/ACC-93268/17
Formadora: Isabel Vaz
Local: Agrupmento de Escolas Vergílio Ferreira
Grupos de recrutamento: Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário
Calendário: 17 de abril a 15 de maio

                                                                       

Descrição

Atualmente é comum ouvir-se falar em Web 2.0. são ferramentas que facilitam a comunicação, colaboração e partilha de informação, permitindo a interação e o diálogo
social em ambientes Web, são espaços virtuais onde todos são autores e consumidores de informação, promovendo uma atitude ativa perante os conteúdos. A Web 2.0
significa participação, interatividade, conteúdos criados, organizados e editados pelos utilizadores. Estes passam a ter um papel fundamental ao nível dos conteúdos, pois
não se limitam a consultar, tendo a oportunidade e o poder de participar. Deste modo qualquer utilizador pode criar conteúdos e avaliar os que encontra.
Estas novas aplicações vêm facilitar a comunicação entre indivíduos a diversos níveis, e é importante trazer essa valência para as escolas, tirando partido da comunicação 
entre alunos, entre professores, entre alunos e professores, entre a própria escola em si enquanto organização, e dessa forma, entre esta e os pais e encarregados de
educação, assim como com os parceiros e demais stakeholders.  

As ferramentas Web 2.0 permitem aos professores, de uma forma simples e interativa, proporcionar a aplicação dos objetivos cognitivos nos seus diversos níveis.
Os ambientes de aprendizagem do futuro serão necessariamente abertos, flexíveis e interativos, combinando diferentes modos e estilos de aprendizagem, dependendo
do objeto de estudo, do aluno, do professor, do contexto, e respeitando o nível de desenvolvimento cognitivo de cada um. Teremos de propor aos alunos abordagens multidisciplinares que os preparem para lidar com as incertezas de um mundo global em que a aprendizagem e o conhecimento são instrumentos para evitar a exclusão
social. Precisamos de formar professores que dominem um conjunto de novas competências, pois os desafios que se nos deparam no futuro são enormes: a enorme teia
de informação a que chamamos Internet já não é apenas um espaço ao qual acedemos para pesquisar informação, mas, sim, um ambiente descentralizado de autoridade,
onde o conhecimento é construído de forma colaborativa, já que cada um (e todos) somos livres para aceder, utilizar e reeditar a informação, colaborando para a construção
desta.

Mais do que uma tecnologia, a Web 2.0 pode então ser definida como uma nova atitude e como uma nova forma de as pessoas se relacionarem com a Internet: a rede deixa
de ligar apenas máquinas, passa a unir pessoas, num processo com implicações sociais profundas. As escolas, são talvez as instituições onde as mudanças ocorrem mais lentamente. São os jovens (fundamentalmente mediante as redes sociais, como por exemplo o Facebook, e apesar de todos os perigos que representam) quem primeiro traz
a Web 2.0 para os computadores da escola (RBE), obrigando-a a acordar, ainda que lentamente, para a nova realidade da Web. 
É, assim, fundamental dotar os docentes de competências na utilização das ferramentas Web 2.0 assim como na compreensão do seu potencial no desenvolvimento de competências sociais. Naturalmente que aliada a estas ferramentas tem de estar sempre presente a utilização segura da Internet, tanto ao nível da informação a que se acede como na informação pessoal que é disponibilizada. Com esta oficina pretende-se possibilitar o desenvolvimento de competências básicas ao nível da utilização das ferramentas Web 2.0 em segurança, potenciando-as para as atividades pedagógicas.



Seleção de formandos:

  • 1.ª prioridade: Docentes do agrupamento de escolas Vergílio Ferreira;
  • 2.ª prioridade: Docentes das escolas associadas ao CFAEMBM.



Detalhes da calendarização:

                                            abril: 17(terça feira) 17h00 - 20h00; 24(terça feira) 17h00 - 20h00;

                                           maio: 08(terça feira) 17h00 - 20h00;10(quinta feira) 17h00 - 20h00; 15(terça feira) 17h00 - 20h00.

Comments